pet

pet

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

PET CLUBE DE LEITURA NA ESCOLA RAMONA PEDROSO


No final do mês de agosto/12 (dias 30 e 31), o PET Letras, em parceria com acadêmicos do curso de Artes Cênicas da Universidade Federal da Grande Dourados, realizaram, na Escola Estadual Ramona da Silva Pedroso, apresentações de peças teatrais e atividades de leitura, por ocasião do “Dia D” – Mensalmente um dia (O dia D) é dedicado ao incentivo à leitura na escola com a colaboração do PET Letras. 

O dia “D” integra o conjunto de atividades do PET CLUBE DE LEITURA “Redescobrindo o sabor das Letras” (coordenado pelas petianas Regiane e Ana Aline/UFGD). O PET Clube de leitura desenvolvido na escola tem o objetivo de incentivar o gosto pela leitura, assim como ampliar os conhecimentos dos alunos participantes por meio de atividades culturais paralelas
que promovam diferentes letramentos tais como: leituras na biblioteca e ao ar livre, passeios, dramatizações, contação de histórias, participação em eventos, visitas a exposições, filmes, teatros. 

No dia D de agosto foram apresentadas duas peças teatrais aos alunos do 1º ao 9º ano do período vespertino. 

A primeira peça foi um monólogo “Meu primeiro beijo” (cena da peça Confissões de adolescentes, de Maria Mariana) interpretado pela acadêmica/atriz Samara Felicio. A garotada vibrou com gargalhadas e assovios. 

A segunda peça, “Ao primeiro que viu a maré”, de Ruy Jobim Neto, retrata o diálogo de dois jovens apaixonados. O pescador, Jesuíno, um moço sonhador e persistente, tenta convencer Vindinha, que é teimosa e racionalista, a se casar com ele para correrem pelo mundo juntos. 

Com a bela atuação dos acadêmicos/atores Vanessa Lopes e Fernando Freitas, esta peça recebeu calorosos aplausos da garotada. 

A 3ª peça, "Onde vai bruxa, vai palhaço, vai Flor", texto de Gicelma Chacarosque, foi interpretada pelos acadêmicos/atores Lantieri Muniz (bruxa); Eliane Eurides (Teté) e Rodrigo Cesco (Palhaço).

No espetáculo, o palhaço Pimpão foi convidado para ir a uma festa e queria muito levar sua amiga, a flor Teté, mas como ela é uma flor não pode ir, por estar presa ao chão. Depois de várias tentativas em vão, Pimpão resolve chamar outra amiga para ajudá-lo, a Bruxa Caolha. A partir daí, arma-se uma grande confusão, pois a bruxa diz que só ira ajudá-lo se ela também for à festa. A garotada da escola Ramona adorou a apresentação e aplaudiu calorosamente. 

A organização geral do evento pelo PET Letras esteve sob orientação da profa Dra. Rute I. S. Conceição e contou a participação destacada dos acadêmicos de Letras (Regiane, Telma, Juliana, Ana Aline, Simone, Rafael, Blanca Flor, Gabriela) e com a brilhante colaboração dos acadêmicos de Artes Cênicas Marielle Duarte (produção), Lantieri de Souza, Eliane Serafim e Janaina Alves (backstage - cenografia e sonoplastia).
Foram duas belas tardes culturais na Escola Ramona Pedroso!